All from Press Centre

Alstom avança com a montagem de equipamentos em sua fábrica de VLT

Em fase final da construção civil de sua fábrica de Veículos Leves sobre Trilhos, a Alstom avançou com a montagem e instalação dos equipamentos responsáveis pela movimentação de carga na produção dos trens. 

As pontes rolantes, finalizadas recentemente, atuam transportando toda a carga ao longo do galpão. No total, são três pontes que medem entre 25 e 26 metros e possuem capacidade de até 10 toneladas. O transborder, que está em fase de montagem,  é o maior equipamento estrutural da fábrica, medindo 48 metros e com capacidade de 144 toneladas. Ele será responsável por realizar a transferência de uma composição completa entre as linhas da fábrica. Além disso, também foram implantadas, nesta fase, três mesas giratórias, chamadas turn table e  mais  três JibCranes  que estão localizados, especificamente,  no fitting, que é considerada a principal fase do processo produtivo.

Os próximos passos são finalização das instalações e comissionamento da planta, bem como a liberação para a montagem dos dispositivos e ferramentas. “Com a parte civil interna praticamente encerrada, avançamos rapidamente nas instalações dos equipamentos. A fábrica está caminhando a todo vapor e será, sem dúvida, um importante marco para a evolução da mobilidade no Brasil,” afirma Michel Boccaccio, Vice Presidente Sênior da Alstom Transporte na América Latina.

 A nova linha de Taubaté irá apoiar os projetos da Alstom no Brasil, além de exportar para a América Latina, e se beneficiará da experiência da Alstom em outras linhas de VLT, como Barcelona (Espanha) e La Rochelle (França). Em operação total, a linha irá gerar cerca de 150 empregos diretos. A empresa já começou o treinamento profissional para futuros funcionários. A linha representa um investimento de cerca de 15 milhões de euros (50 milhões de reais).