All from Press Centre

La Vueltosa – conheça mais um importante personagem nesse intenso projeto

Já são 12 anos de trabalho nesse projeto que é um marco importante para a estabilidade da rede elétrica na Venezuela. Diversos profissionais e de diversos países da Alstom participaram nesse complexo trabalho, aprendendo muito sobre gerenciamento nas mais diversas condições.

Conheça a percepção de Fábio Nossaes, brasileiro que hoje atua na unidade Hydro de Tianjin, na China.

  • Em qual período você trabalhou no projeto de La Vueltosa?

Passei a ser responsável pela execução do projeto a partir de Novembro de 2009, quando fui promovido a Project Office Director.

  • Qual era o seu objetivo no projeto?

Assegurar a execução do contrato, atingindo os objetivos esperados pelo cliente e pela Alstom, mantendo EHS (saúde, segurança e meio ambiente), ética e conformidade como primeiras prioridades.

  • Quais foram os maiores desafios que você enfrentou?

O maior desafio para mim foi no final de 2012/ início de 2013 quando, junto ao presidente de Renewable, tomamos a decisão correta de colocarmos todos os recursos financeiros e humanos para assegurar a geração da primeira máquina atá o final do ano de 2013.

  • O que você tirou de lição dessas dificuldades enfrentadas?

Três principais lições:

- Sobre qualquer pressão de prazo, custo ou qualidade, a segurança deve estar em primeiro lugar e em todas as decisões,

- Gestão de projetos deve ser executada passo a passo, a fim de evitar riscos demasiados na execução. Um olho no caixa e outro na estratégia/ execução.

- Nunca desista de alterar a estratégia quantas vezes for necessária para atingir seus objetivos - Never ever give up.

  • Como o trabalho nesse projeto o ajudou em projetos futuros?

Desenvolvendo competências e expertise em gerenciamento de contrato e foco no cliente.

 

Sobre o projeto
A primeira unidade de La Vueltosa entrou em operação em 2013. O sistema fornece hoje 257 MW de energia e ajuda a proporcionar estabilidade à rede nacional.

O projeto hidrelétrico de 514 MW faz parte de um contato turnkey com a Alstom.

Conforme anunciado pela presidência da Venezuela, espera-se que a segunda máquina, que irá fornecer 257 MW adicionais, entre em operação em breve.

 

Sobre a Alstom
A Alstom é líder global em infraestrutura ferroviária e geração e transmissão de energia, e está na vanguarda de tecnologias inovadoras e amigáveis ao meio ambiente. A Alstom constrói o trem mais rápido e o metrô automatizado de maior capacidade do mundo, fornece soluções de usinas integradas turnkey e serviços associados para uma ampla gama de fontes de energia, incluindo hidrelétrica, nuclear, a gás, carvão e eólica, e oferece várias soluções para transmissão de energia, com foco em redes inteligentes. O Grupo emprega 93.000 pessoas em mais de 100 países. Registrou vendas de €20 bilhões e fechou aproximadamente €21,5 bilhões em pedidos em 2013/14.

Informações a Imprensa:

Mariana Maciel - mariana.maciel@alstom.com / Tel.: (11) 3612-7074

Ana Paula Mattar – anapaula.mattar@cdn.com.br / Tel.: (11) 3612-7079