Alstom atingiu um bom nível de pedidos e vendas

Durante o terceiro trimestre de 2015/16 (de 1º de outubro a 31 de dezembro de 2015), a Alstom registrou sólidos €2,4 bilhões em pedidos, um aumento de 46% em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas do Grupo subiram para €1,6 bilhões, um aumento de 7% em comparação ao €1,6 bilhão durante o terceiro trimestre de 2014/15.

Para os primeiros nove meses de 2015/16 (de 1º de abril a 31 de dezembro de 2015), a Alstom registrou €6,3 bilhões em pedidos, comparado a €8,0 bilhões em relação ao mesmo período do ano passado, que incluiu o contrato de €4 bilhões com PRASA na África do Sul. As vendas do Grupo somaram €4,9 bilhões, um aumento de 8% e 3% organicamente em comparação aos nove primeiros meses de 2014/15. O índice book-to-bill continuou sólido, em 1,3.

Em €28,7 bilhões em 31 de dezembro de 2015, a carteira de pedidos representou mais de 4 anos de vendas.

Principais números

 

A GE Signalling está consolidada desde 2 de novembro de 2015. Um desmembramento geográfico de pedidos e vendas reportados é fornecido no Apêndice 1. Todos os números mencionados neste release não foram auditados.

 

“A Alstom atingiu um desempenho comercial sólido. Os primeiros nove meses de 2015/16 mostraram um alto nível de pedidos, de €6,3 bilhões, com sucessos em todas as regiões e linhas de produtos. O pipeline continua ativo e inclui grandes projetos. As vendas subiram 3% organicamente em comparação aos primeiros nove meses de 2014/15, e espera-se que o crescimento continue em um ritmo semelhante no fim deste ano fiscal”, afirmou Patrick Kron, Chairman & Chief Executive Officer da Alstom.


Revisão Detalhada

A Alstom registrou €2.358 milhões de pedidos durante o terceiro trimestre de 2015/16, em comparação ao €1.615 milhão no mesmo período do ano passado. Importantes sucessos comerciais para este trimestre incluíram trens regionais na Bélgica, trens Pendolino e manutenção associada na Itália, projeto de eletrificação, sinalização e telecomunicações na Índia, locomotivas na Suíça, trens regionais na Alemanha, extensão do metrô no Panamá, além do VLT para Nice, na França.

As vendas subiram para €1.613 milhão no terceiro trimestre de 2015/16, comparado a €1.501 milhão no mesmo período do ano passado, impulsionado principalmente por entregas de trens suburbanos e regionais na França, trens regionais na Alemanha e Itália, VLTs na Argélia e um contrato de manutenção no Reino Unido.

Principais eventos do terceiro trimestre 2015/16

Após o fechamento da venda de suas atividades de Energy (Power Generation e Grid) para a General Electric em 2 de novembro de 2015, a Alstom hoje está totalmente focada no transporte ferroviário. O Grupo usou parte do dinheiro para adquirir as atividades de sinalização ferroviária da General Electric e reinvestir em 3 Joint Ventures com a General Electric (nas áreas de grid, renewable e French steam & nuclear).

A Assembleia de Acionistas da Alstom, realizada em 18 de dezembro de 2015, aprovou todas as resoluções apresentadas. O retorno de cerca de €3,2 bilhões em caixa para os acionistas através de uma recompra de ações foi aprovado, com uma maioria de 99,93%. A assembleia de acionistas também aprovou a nomeação, proposta pelo estado francês, de M. Olivier Bourges, como diretor.

Em 29 de dezembro de 2015, a Alstom aumentou sua participação na empresa russa Transmashholding (TMH) para 33%.

Perspectiva

A perspectiva permanece inalterada. Para o médio prazo, espera-se que as vendas cresçam mais de 5% ao ano organicamente, e a margem operacional deve melhorar gradualmente dentro da faixa de 5-7%. Espera-se que o fluxo de caixa livre fique em linha com a receita líquida antes da contribuição das atividades de Energia, com possível volatilidade por curtos períodos.

Imprensa

Mariana Maciel
Tel. + 55 11 3612 7074
mariana,maciel@alstom.com 

Ana Paula Mattar
Tel. + 55 11 3612 7079
ana.mattar@agenciaideal.com.br