Unidade Canoas conclui a produção de sua primeira torre para geração de energia eólica

21/10/2013

A Unidade Canoas, inaugurada em agosto deste ano, concluiu a produção da primeira torre para geração de energia eólica, destinada ao projeto Corredor de Senandes, primeiro projeto eólico da Odebrecht Energia, que terá 108 MW de capacidade instalada. A expedição do equipamento, que pesa 260 toneladas e tem 85 metros de altura, já está em andamento.

A torre eólica foi o primeiro equipamento fabricado na Unidade, sendo utilizado como startup das máquinas instaladas na nova planta. A produção contou com o auxílio de operadores e engenheiros da Alstom Espanha.

A Unidade Canoas é a segunda unidade do setor eólico na América Latina e tem capacidade para produzir 120 torres de aço por ano, o suficiente para fornecer aproximadamente 350 MW de eletricidade.