Alstom fornecerá 12 trens suburbanos adicionais para o Chile

02/04/2014

A Alstom fechou um contrato de €40 milhões[1] com a Empresa de Ferrocarriles del Estado (EFE), operadora ferroviária estatal do Chile, para fornecer 12 trens suburbanos X’Trapolis Modular adicionais, dos quais quatro vão operar no novo serviço Rancagua Xpress[2], e oito no serviço de Metrô de Valparaíso[3]. Como parte do contrato, a Alstom fornecerá a interação de equipamentos de sinalização e acoplamento às novas oito composições destinadas ao Metrô de Valparaíso, a fim de permitir operação simultânea com a frota atual de 27 trens X’Trapolis. A empresa também fechou a manutenção dos trens sob dois contratos diferentes[4], adicionando mais €30 milhões[5]. Os trens devem ser entregues no primeiro semestre de 2015.

A aquisição de 12 X’Trapolis Modular, que se segue a um pedido inicial feito em outubro de 2012 para 12 trens, tem o objetivo de melhorar a conexão entre a capital do Chile, Santiago, e as cidades de Nos e Rancagua, e a conexão entre as cidades de Valparaíso e Limache, na região de Valparaíso.  

O trem X’Trapolis – do tipo EMU (Unidade Múltipla Elétrica), capaz de operar a uma velocidade máxima de 120 km por hora – é um trem de 2 carros que combina capacidade (mais de 370 passageiros), conforto e acessibilidade. Sua potência distribuída permite maior espaço dentro do trem, com um interior generoso, facilitando a movimentação, especialmente em horários de pico. O trem também é equipado com modernos sistemas de interface de passageiro e comunicação, assentos mais amplos e áreas especiais para pessoas com mobilidade reduzida. O X’Trapolis tem uma capacidade de 95% e consumo otimizado de energia.

“Mais uma vez, a Alstom tem orgulho de fazer parte do processo de modernização de trens suburbanos, aumentando a segurança, conforto e qualidade do sistema de transporte. Este é o segundo contrato em um curto período de tempo no Chile, e a Alstom está totalmente comprometida em apoiar o projeto de transporte público do país,” afirmou Julio Friedmann, Presidente da Alstom Chile.

O contrato de manutenção de 5 anos será automaticamente renovado por até 30 anos. A longa experiência da Alstom na construção de trens, enriquecida por mais de duas décadas de know-how de manutenção obtido pela estreita colaboração com as operadoras, permite à Alstom manter todos os tipos de trens. Os trens serão fabricados em Barcelona, na Espanha.

 

Contatos para a Imprensa

Mariana Maciel (Alstom Brazil & Latin America)
Tel.: +55 11 3612 7074
mariana.maciel@crn.alstom.com



[1] Registrado em janeiro de 2014

[2] O serviço Rancagua Xpress, serviços de trens suburbanos que liga Santiago a Rancagua, terá no total 16 trens X’Trapolis de nova geração operados pela subsidiária Trenes Metropolitanos

[3] Operado pela subsidiária da EFE’ Merval

[4] Assinado com o Metrô de Valparaíso e com o serviço de Rancagua

[5] Registrado em janeiro de 2014