Alstom, responsável por estudo para Veículo Leve sobre Trilhos em Bogotá

03/04/2014

Com o projeto do Veículo Leve sobre Trilhos de Bogotá, a Alstom deve ampliar suas operações no Setor de Transporte na Colômbia. A empresa foi aceita pela Prefeitura de Bogotá para realizar os estudos de viabilidade de um VLT para a via Séptima, uma das mais importantes da cidade. 

O projeto é uma parceria público-privada (PPP), da qual também participa a empresa canadense SNC Lavalin, para entregar em março de 2015 os estudos para a estruturação, desenho, construção, operação e manutenção do VLT de Bogotá. A linha tem 21 quilômetros de extensão e um custo estimado de 1,3 bilhões de pesos.

“Optou-se pelo VLT porque ele exige muito menos espaço de largura que outros sistemas de transporte em massa”, afirmou Juan Jorge Celis Neira, presidente da Alstom Colômbia. “A ideia é que haja uma multimodalidade e que ele seja complementado pelo metrô.”

Uma das vantagens do projeto é que ele é modular: a quantidade de carros pode ser adaptada dependendo do fluxo de passageiros. 

Os estudos de viabilidade da Alstom para o VLT de Bogotá também são destaques na imprensa colombiana. 

Clique aqui para ver a entrevista de Juan Jorge Celis à publicação Portafolio.