A Alstom reafirma os seus compromissos para o desenvolvimento sustentável por ocasião da COP21

©Alstom

A Alstom está convencida de que os sistemas de transporte devem possuir mais fluidez, serem amigáveis ao meio ambiente, seguros, integrados e acessíveis. A empresa está constantemente trabalhando para melhorar a reputação da ferrovia, bem como um modo de transporte público mais verde, se esforçando para reduzir os custos relacionados com a energia de seus produtos, e está empenhada em reduzir a emissão de carbono dos sistemas de transporte. Nos últimos anos, as inovações técnicas da Alstom permitiram redução significativa no consumo de energia de seus trens. A empresa estabeleceu novas metas para a eficiência energética de suas soluções e operações até 2020, são elas: a diminuição do consumo de energia de suas soluções de transporte em 20% (em comparação aos níveis de 2014)[1] e a intensidade energética de suas próprias operações (fábricas, escritórios, etc.) em 10%.

Esperamos atingir a nossa meta de -20% por meio de um melhor acompanhamento do desempenho energético das nossas soluções utilizando metodologias de avaliação padronizadas, implantação das melhores tecnologias disponíveis em todos os tipos de trens, inovação para maior colaboração e eficiência energética com nossos clientes e fornecedores. Em paralelo, os padrões de transporte devem evoluir. Para manter o aquecimento global abaixo da meta[2] de +2°C, será imperativo avançar para os modos que têm menor emissão de carbono e que são globalmente mais sustentáveis,” afirmou Cécile Texier, Diretora de Desenvolvimento Sustentável na Alstom.

 

A Alstom marca participação em eventos no COP21. Em 28 de novembro, a gestão da Alstom participou da campanha “Train to Paris” [Trem para Paris], coordenada pela UIC[3]. Os trens da Alstom trarão importantes personalidades, incluindo governos, ONGs, tomadores de decisão e jornalistas de toda a Europa para Paris para o COP21. O objetivo da participação é promover o tráfego ferroviário de passageiros e  de carga como uma solução sustentável e de baixo carbono para a mudança climática. Em 6 de dezembro, Henri Poupart-Lafarge, Vice Presidente Executivo da Alstom, participará de uma sessão plenária no Dia do Transporte, organizada pela UIC.  Em 7 de dezembro, haverá um debate organizado por Fer de France[4] em Le Bourget, apresentando Henri Poupart-Lafarge,  e o Secretário de Estado do Transporte Espanhol, Julio Gomez Pomar e Presidente da Keolis, Jean-Pierre Farandou. O tema do debate será: “Mobilidade sustentável em 2030: qual modelo para o transporte ferroviário?”

 

Para saber mais sobre os compromissos da Alstom com a mobilidade sustentável, acesse:

http://www.slideshare.net/AlstomGroup/alstom-transport-commitment-towards-sustainable-mobility

 

Sobre a Alstom

Como um promotor da mobilidade sustentável, a Alstom desenvolve e comercializa sistemas, equipamentos e serviços para o setor ferroviário. A Alstom gerencia a mais ampla gama de soluções no mercado – de trens de alta velocidade a metrôs e VLTs – e soluções de manutenção, modernização, infraestrutura e sinalização associadas. A Alstom é líder mundial em sistemas ferroviários integrados. Ela registrou vendas de 6,2 bilhões de euros e reservou 10 bilhões de euros de pedidos no ano fiscal de 2014/15. Com sede na França, a Alstom está presente em mais de 60 países e emprega 32.000 pessoas atualmente.  

 


[1] Um trem consome entre 9 e 50 Wh/KM/passageiro dependendo do tipo de trem e condições de operação

[2] Máximo alvo estabelecido por UNFCCC para o século

[3] Sindicato Internacional de Ferroviários

[4] Organização interprofissional francesa na ferrovia

Imprensa

Mariana Maciel
Tel. +55 11 3612-7074
mariana.maciel@alstom.com

Ana Paula Mattar
Tel. +55 11 3612-7079
ana.mattar@agenciaideal.com.br