Ministro Lies: “O (trem do) futuro começa na Baixa Saxônia”

09/11/2017
© Alstom
  • Trens movidos a células combustíveis substituem trens a diesel  
  • Alstom constrói 14 trens Coradia iLint em Salzgitter para a LNVG
  • Linde fornece abastecimento de hidrogênio para os trens

Todas as partes envolvidas na assinatura do contrato em Wolfsburg na quinta-feira concordaram: O trem do futuro será movido a hidrogênio, será totalmente livre de emissões e iniciará seu primeiro serviço com passageiros na Baixa Saxônia. Ele se chama “Coradia iLint”, e é produzido pela fabricante ferroviária Alstom para a Autoridade Local de Transporte da Baixa Saxônia (Landesnahverkehrsgesellschaft Niedersachsen, LNVG). No total, 14 trens movidos a células combustíveis serão construídos na unidade de Salzgitter, e irão transportar passageiros entre Cuxhaven, Bremerhaven, Bremervörde e Buxtehude a partir de  dezembro de 2021. Eles irão substituir as unidades múltiplas a diesel da autoridade de transporte Elbe-Weser-Verkehrsbetriebe (evb), e irão reduzir a emissão de poluentes no serviço diário a zero. O abastecimento dos trens com hidrogênio será garantido por uma estação de abastecimento própria do The Linde Group. O Coradia iLint é capaz de rodar até 1.000 quilômetros com um tanque cheio, e pode atingir uma velocidade máxima de até 140 km/h.

Na quinta-feira, diante da imprensa, as diretorias da LNVG, Alstom e Linde assinaram os contratos para a entrega dos 14 trens a célula de combustível e manutenção e fornecimento de energia por 30 anos em Wolfsburg. Olaf Lies, Ministro da Economia e dos Transportes da Baixa Saxônia, convidou seus colegas ministeriais para a assinatura do contrato durante a conferência de ministros dos transportes, para que eles pudessem ter sua própria impressão sobre o protótipo do Coradia iLint, que terá operação-piloto na rede da evb na primavera de 2018, junto com um segundo veículo. 

Em Wolfsburg, o Ministro dos Transportes Lies entregou o aviso oficial de financiamento para os dois diretores da LNVG Hans-Joachim Menn e Klaus Hoffmeister. A LNVG comprará os trens Coradia iLint para sua própria frota de veículos, e depois irá alugá-los para uma operadora ferroviária. Os trens movidos a células de combustível terão sua manutenção feita pela Alstom no pátio da evb em Bremervörde, que será ampliado para essa finalidade.

O Ministro dos Transportes Olaf Lies afirmou: “A partir de agora, haverá uma alternativa real aos trens a diesel no transporte ferroviário não eletrificado. Células de hidrogênio e combustíveis são uma combinação ideal para proteção climática, e também para a revolução da energia e dos transportes. Elas permitem o armazenamento de energia e um transporte ferroviário livre de emissões. Nós estamos financiando tecnologias inovadoras e fazendo uma contribuição sustentável para a revolução energética no setor de transportes. É um prazer contar com a Alstom para construir os trens na Baixa Saxônia, fortalecendo ainda mais sua unidade de produção em Salzgitter.”

Enak Ferlemann, Secretário Parlamentar do Ministério Federal dos Transportes e Infraestrutura Digital (BMVI), declarou: “Trens livres de emissões, energeticamente eficientes e de bom custo-benefício movidos a células combustíveis são uma alternativa ambientalmente amigável às locomotivas a diesel. Para fortalecer a unidade industrial da Baixa Saxônia, queremos financiar o projeto da LNVG, investindo cerca de 8,4 milhões de euros. Os fundos serão fornecidos pelo Programa Nacional de Inovação para Tecnologia de Células Combustíveis (NIP 2).”

Menn e Hoffmeister, cuja autoridade de transporte organiza o transporte ferroviário regional entre o Mar do Norte e as Montanhas Harz, terão gastos anuais em receitas tributárias de quase 300 milhões de euros para isso, o que foi enfatizado durante a assinatura do contrato: “A tecnologia de células combustíveis tem boas chances de prevalecer na Alemanha nos próximos 10 a 15 anos, com veículos a diesel sendo cada vez mais forçados a deixar o mercado” destacaram sobre o futuro do transporte ferroviário.

Gian Luca Erbacci, Vice-Presidente Sênior para Europa na Alstom, afirmou em Wolfsburg: “Este dia representa uma verdadeira revolução no transporte ferroviário, e uma grande mudança em direção a um sistema de mobilidade limpo. Pela primeira vez no mundo, um trem regional de passageiros movido a hidrogênio irá substituir trens a diesel, gerando emissão zero com a mesma performance que um trem regional regular, com até 1.000 km de autonomia. A Alstom tem muito orgulho de haver desenvolvido seu trem Coradia iLint em Salzgitter, na Baixa Saxônia. Somos gratos ao governo federal da Alemanha e ao governo regional da Baixa Saxônia por seu apoio e confiança constantes nas sólidas capacidades de inovação da Alstom”.

A garantia de um fornecimento confiável e seguro de energia é um dos pré-requisitos para um uso bem-sucedido de trens movidos a células combustíveis. O Linde Group, grupo líder mundial em gases e engenharia, fornecerá o abastecimento de hidrogênio dos novos trens de células combustíveis e, assim, irá montar e operar a primeira estação mundial de abastecimento de hidrogênio para trens em Bremervörde. Os investimentos necessários estão estimados em cerca de 10 milhões de euros, com financiamento do Governo Federal.  A LNVG irá alugar as instalações para a estação de abastecimento da evb e a disponibilizará para a Linde AG, que também será responsável pela licença de operação e construção. A produção on-site de hidrogênio por eletrólise e por meio de energia eólica será planejada em uma fase posterior do projeto.

Bernd Eulitz, Membro da Diretoria Executiva da Linde AG, enfatizou: “O uso de hidrogênio para veículos ferroviários é um marco na aplicação de células combustíveis para um transporte livre de emissões. Pela primeira vez, a união desse setor com o de infraestrutura de hidrogênio será realizada dentro de um escopo significativo e de uma forma economicamente viável.  Esse desenvolvimento irá impulsionar o estabelecimento de uma sociedade de hidrogênio e criará novas soluções para o armazenamento e transporte de energia. Temos orgulho de fazer parte desse projeto inovador.”

Link para fotos do Coradia i Lint:   https://als.ptn.rs/a/158013

Contatos para a Imprensa

MW
Sabine Schlemmer-Kaune
Tel. + 0049 511 120 5426
Mobile: + 0049  171 1853208
sabine.schlemmer-kaune@mw.
niedersachsen.de
 

LNVG
Rainer Peters
Tel. + 0049 511 533 33 170
Mob. + 0049 174 180 89 72
peters@lnvg.de 

Linde AG
Dr. Thomas Hagn
Tel. + 0049 89 357571323
Mob. + 0049 172 2808177
thomas.hagn@linde.com 

Alstom Press

Justine Rohée
Tel. + 33 1 57 06 18 81
justine.rohee@alstomgroup.com

Christopher English
Tel. + 33 1 57 06 36 90
christopher.a.english
@alstomgroup.com

Tanja Kampa
Tel. + 0049 5341 900 7690
tanja.kampa@alstomgroup.com

Alstom Relações com investidores

Selma Bekhechi
Tél. + 33 1 57 06 95 39
selma.bekhechi
@alstomgroup.com

Julien Minot
Tél. + 33 1 57 06 64 84
julien.minot@alstomgroup.com